Sim, de Sandy

sim-sandy

Eu gosto, sempre gostei da voz de Sandy. Mesmo quando fazia dupla com o irmão, Júnior, eu ouvia as canções mais pela voz dela, embora eu goste sinceramente de várias músicas. Considero, pelo menos estas que gosto, pop bem feito. Claro, bons músicos e bons profissionais de estúdio ajudam muito a um trabalho soar melhor do que é. Não, não estou dizendo que o ruim se tornou bom por conta da produção grandiosa. Neste caso, não. A dupla deixou sua marca no pop e ponto, quer você goste ou não.

Aí depois de 17 anos com o mano, acho, Sandy sai para carreira solo e lança, em 2009, ‘Manuscrito’. Fiz texto sobre ele e minha opinião não difere muito deste novo álbum da cantora, o ‘Sim’ (2013). Isto significa que, para mim, é um disco com altos e baixos, vários clichês líricos e musicais, mas sim (não é trocadilho), possui, no geral, um pop bem feito. Eu, eu disse eu, destaco ‘Aquela dos 30‘, ‘Segredo’, ‘Sim’, e ‘Escolho Você’. Gosto da maneira como estas músicas soam e de alguma forma me ganharam. Às vezes basta um acorde e a música te ganha.

Gostei desta capa. Sandy está linda (e quando não está?), com um ar sexy, mas provocativamente doce, escondida por detrás de uma blusa rendada transparente, mas discreta. Atrás de uma boca entreaberta, com quase um sorriso e de grandes olhos delineados de gata. Realmente gostei da capa, não?

Bom, ouçam o disco inteiro abaixo. A própria cantora ofereceu (detesto a palavra ‘disponibiliza’) o álbum em sua página no soundcloud.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s