TAG sobre livros

Assisti a um vídeo no canal literário de Tati Feltrin (recomendo muito). Esse vídeo contém as perguntas abaixo que respondo para vocês e foram enviadas por um espectador de Tati. Convido a todos e todas para responderem em seus blogs, canais no you tube, etc. Esse tipo de post é divertido e faz a gente lembrar das coisas lidas, reviver emoções, etc.

Parte dos meus amados livros expostos em um dia de arrumação!

1. Você já leu algum livro que mudou sua maneira de ver o mundo?

Acho que todos os livros possuem a capacidade de mudar algo em você, mas há mudanças e mudanças. Você pode ler um livro que apenas confirme que a obra é uma porcaria, que não deixou nenhuma reflexão, que os personagens são mal escritos, etc. Sem dúvida você não é o mesmo depois de lê-lo, mas também nada foi acrescido.

2. Você gostaria que seus diários (ou suas memórias – para quem nunca escreveu um diário) fossem transcritos em um livro e publicados?

Acho que a vida de qualquer pessoa deve ter um lado interessante, mas acho que nem todas as histórias dão bons livros. Eu já escrevi algo de 140 páginas chamado ‘História de bairro’ que é tão ruim que chega a ser engraçado! Enfim, por enquanto minha vida é um livro interessante para mim..rs.
3. Qual é o seu maior medo no universo literário? 

O fim do livro em papel é um medo, mas acho que isso nunca acontecerá. O papel ainda é a melhor tecnologia para se ler um livro. Como disse Umberto Eco: ‘O livro é como a roda’. Não se pode reinventar a roda. 
4. Qual livro você leu e gostaria de ler novamente? 

Vários. ‘Crime e castigo’ e a trilogia ‘Senhor do anéis’ são dois deles!
5. Você considera algum livro da sua coleção como um troféu? (Foi difícil de conseguir ou foi uma conquista, um presente de alguém muito querido… etc.). 

Tem um livro que eu procurei durante 10 anos e só fui achar na maravilhosa Estante Virtual. ‘Personas sexuais’, de Camille Paglia, é um desses livros queridos e raros, além de ser um livro fundamental! Um dos livros mais importante que li na vida!


6. De qual festa ou comemoração que aconteceu nos livros que leu gostaria de ter participado? 

Quando li a festa que ocorre logo no início de ‘A sociedade do anel’, o primeiro livro do Senhor dos anéis, me imaginei lá. Não seria legal bater um papo com Gandalf ou pedir a Bilbo Bolseiro falar sobre sua histórias com o anel?


7. Você já sofreu algum tipo de bullying literário por causa de alguma obra que você gosta? 

Não, bullying, não, apenas discordâncias.
8. Você já participou ou conhece algum grupo de leitura? 

Nunca participei de grupos e clubes de leitura. Acho que os canais literários do you tube são a experiência mais próxima disso.


9. Se você tivesse que dividir sua alma em 7 livros, quais seriam? 

Essa pergunta é a mais difícil, mas consegui pensar rapidamente em sete livros. Tenho certeza que deixei vários fora da lista, mas acho que os escolhidos representam bem minha alma.

1 – Personas sexuais (Camille Paglia)

2 – Crime e castigo (Fiodor Dostoievski)

3 – A cama na varanda (Regina Navarro Lins)

4 – Respiração, angústia e renascimento (José Ângelo Gaiarsa)

5 – Trilogia Senhor dos anéis (J.R.R. Tolkien)

6 – Feliz ano novo (Rubem Fonseca)

7 – Clarice, (Benjamin Moser)

10. Se você tivesse o poder, qual personagem de qual livro mudaria, ressuscitaria ou faria desaparecer?

Eu não queria falar desse livro, mas como sou fã dos vampiros, da sua mitologia, foi mais forte do que eu. Não é apenas um personagem, mas todos os vampiros da “saga” Crepúsculo não são vampiros. Para representar todos, ele, Edward Cullen. Vampiros que brilham sob a luz do sol, que não possuem caninos proeminentes…blá…não dá!

Anúncios

O que li, estou lendo, impressões…

É isso mesmo. Quem tem blog acaba hibernando por um tempo. C’est la vie. Geralmente eu fico entre 15 dias a um mês afastado…e volto. Voltei.

Como tenho visto pouquíssimos filmes e ouvido pouquíssimos discos, resolvi escrever sobre livros. Minha principal atividade cultural atualmente é a leitura. Por isso, vamos aos livros que li, que estou lendo e as impressões sobre as obras. Como são vários livros, adianto que são notinhas, como aquelas da revista Bravo, só que um pouco maiores.

LIDOS

Tava passeando pela biblioteca da escola de minha filha e me deparei com ‘Feliz Ano Novo’, de Rubem Fonseca. Rubem é um dos autores brasileiros que mais amo. Cru, essencial, pornográfico, um mestre dos contos. Eu adoro este livro, mas nunca tinha lido todo. Peguei e li em um dia. É possível. Um livro fluido e forte. Denso. Irônico. Eu amo! Uma obra que foi proibida durante muito tempo. O livro é de 1975 e só teve permissão para ser publicado em 1989, se não me engano.

 

Sou fã incondicional da doutora Regina Navarro Lins, esta psicanalista e escritora carioca. Ela lançou dois livros este ano. ‘O Livro do Amor’, que possui dois volumes. Já li o primeiro. Ótimo. A autora nos conta a história do amor, nos mostra que a forma como amamos é algo cultural e que é moldada através dos tempos. Livro importante para destruirmos preconceitos, fórmulas baratas de felicidade, etc. Recomendo para todos que gostam de sexo e amor!

 

 

Li ‘Jogos Vorazes’, o primeiro da trilogia de Suzane Colins. Achei a ficção interessante, mas cheia de falhas narrativas. É um livro que discute temas como a sociedade do espetáculo. Mesmo não tendo me apaixonado pelo texto, eu indico. Pelo menos a protagonista é uma mulher mais forte e feminina do que Bella Swan (alfinetada).

 

 

 

 

LENDO

‘Cinquenta tons de cinza’ é péssimo, sem dúvida (para mim). Achei  todos os quatro livros da tetralogia ‘Crepúsculo’ muito ruins (alfinetada # 2), mas li os quatro. Eis que ‘Cinquenta tons mais escuros’, a sequência, estaciona aqui em casa. Eu tenho essa péssima mania de não deixar livro sem ler. Li até agora quatro capítulos e obviamente a autora judia da inteligência dos mortais que gostam de palavras que se transformam em frases bem construídas. Eu tenho deixado este livro para momentos como sala de espera da acupuntura ou uma ida ao banheiro. Sou masoquista?

 

 

Depois de ver um vídeo de Tatiana Feltrin, que possui um canal literário no you tube (o primeiro canal literário do Brasil, diga-se), resolvi investir na leitura do calhamaço de George R.R. Martin, ‘A Guerra dos Tronos’, que é o primeiro dos sete livros das Crônicas de Gelo e Fogo. Gosto muito de ficção fantástica, com suas guerras, intrigas e magias. Até agora li 278 páginas das quase 600. Detalhe: letra pequena. Mas o livro é tão divertido e bem escrito que passa rápido. Os capítulos são pequenos e levam o nome do personagem em questão. Milhões de coisas acontecem, mas o leitor não se perde porque a atenção é voltada para os personagens principais. Então, não se preocupe em lembrar de tudo. É impossível! Recomendo muito!

Para finalizar, um livrinho leve, mas muito importante para mim. Um livro que carrego na minha mochila e que fico beliscando aos poucos (beliscar aos poucos é redundância?). Desde que comecei a fazer fisioterapia por causa das tensões musculares, me aproximei de práticas de relaxamento e uma postura que afaste os estresses e preocupações. Embora eu não pratique ioga, tem muito de sua filosofia no pilates, eu percebo. Esse livrinho é muito informativo e pode ser o ponto de partida para quem possui a intenção de conhecer mais e praticar o ioga. Sim, o nome é ‘1001 pérolas da sabedoria da ioga’.