3 discos, breves comentários

O primeiro desses três que ouvi foi ‘Father, Son, Holly Ghost’ (2011) o segundo álbum do duo ‘Girls’, uma banda indie dos Estados Unidos formada, a despeito do nome, por dois caras: Christopher Owens e Chet ‘JR’ White. O som me lembrou algo de Beach Boys, sem dúvida. E li depois que a crítica também achou isso, além de Elvis Costello e Buddy Holly. Disco bonito, doce, belas melodias, mas contém algo rock mais cru também. Ouço direto. Vale muito a pena.

Bonito e soturno é esse novo disco de Gal Costa, ‘Recanto’ (2011). O álbum tem 11 faixas, todas de Caetano Veloso, que também assina a produção junto com seu filho Moreno Veloso. São os recursos eletrônicos bem utilizados nas melodias e letras de Caê. Das 11 faixas, 9 são inéditas. O álbum tem seus altos e baixos, mas é na maior parte muito bom.

 

 

O novo disco do Tremendão, ‘Sexo’(2011) não é o melhor que ouvi dele quando o tema é amor e sexo e suas tramas (Posso citar aqui ‘Mulher’, de 1981). Eu gostei do disco, é divertido, mas as letras me parecem por vezes meio inconsistentes, talvez até pueril demais! As melodias também não estão entre as melhores de Erasmo Carlos. Mas é um disco que vale a pena ouvir, que tem energia boa, mesmo que soe pouco eletrizante na maior parte das 12 faixas. Como disse o cantor e compositor: ‘sexo e rock são coisas boas da vida’.

Anúncios

4 pensamentos sobre “3 discos, breves comentários

  1. Girls eu achei uma ótima banda, com melodias bem formadinhas e bonitas. Sobre Gal, eu não curti, mas vou insistir. E esse de Erasmo é muito chato. A melodia é fraca, as participações são óbvias demais e as letras são ruins de doer (talvez se traduzisse ao pé da letra para o inglês funcionasse)

  2. Com certeza, Rodrigão. Eu adorei Girls e esse disco é muito legal. Eu ouço direto. O de Gal é um disco soturno, como disse, nem sempre brilhante, mas interessante. O do Tremendão eu concordo mais com vc do que comigo mesmo. Eu acho que o disco tem até um energia boa, mas não tive interesse em ouvir mais de duas vezes.Para um disco sobre sexo ele pouco vigoroso!

  3. Eu ouvi o de Gal uma vez só e acho que tenho que ouvir muitas vezes mais até ele me conquistar. Dia desses estava lendo o blog de um rapaz que detonou o disco da primeira vez que escutou, mas aí escutou muitas vezes mais e passou a amá-lo (e ficou com vergonha da primeira avaliação que fez, rs). Amooooo Erasmo, achei o último disco – Rock’n’Roll – bem legal, mas não sei se vou buscar este aí porque me desanimou a sua avaliação e a do seu colega aí de cima. Fora que achei essa capa bem feia.

  4. Bom, esse é o mal de quem escreve depois de ter ouvido apenas uma vez. Eu, na maioria das vezes, ouço pelo menos 3 vezes! Quando escrevo depois de ter ouvido apenas uma vez é porque acho o disco ótimo de primeira!
    Acho que o disco da Gal ainda vai pegar você. Realmente o novo do Tremendão não me agradou como ‘Rock’n’Roll’. Mas acho que você deve ouvir, sim, a despeito da capa.rsrs. Sabe, eu achei as letras fracas e as melodias também. Quando as letras falam de amor e sexo, eu sou exigente pra cacete.
    Beijosssssss!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s