Um mês, 31 filmes. Dia 20

Dia 20: Melhor Comédia Romântica.

Eu amo Jane Austen. Quando li ‘Orgulho e Preconceito’ – livro que foi publicado em 1813, mas terminado em 1797, antes da escritora completar 21 anos – amei!!! A obra de Austen é considera a precursora das comédias românticas: homem e mulher que a princípio se odeiam, mas no fundo sentem uma atração incontrolável. Muitos desencontros depois, eles ficam juntos no final. Obviamente, tudo isso é excepcionalmente bem escrito por Austen. 

Mas o meme é sobre cinema e não literatura. Porém, como deu a entender, eu escolhi o filme ‘Orgulho e Preconceito’ (2005), com Keira Knightley como a forte e inteligente Elizabeth Bennet, que inevitavelmente viverá o amor com o reservado Sr. Darcy (Metthew Fitzwilliam). O filme conta com um elenco muito bom: Donald Sutherland (Sr. Bennet), Brenda Blethyn (Sra. Bennet) e Rosamund – linda – Pike (Jane Bennet) são alguns que gosto muito.

Como não poderia deixar de ser, o filme passou a tesoura em muitas partes do livro, além de criar cenários que no livro não aparecem. Mas felizmente essas modificações não prejudicaram a obra de Austen e o filme dirigido por Joe Wright é muito bom. 

Anúncios

6 pensamentos sobre “Um mês, 31 filmes. Dia 20

  1. Nossa, nunca penso nele como comédia romântica, mas ahhh, que filme lindo!
    Do elenco acho que gosto mais do Donald Sutherland. Ele tá incrível como Mr. Bennet, rabugento e doce ao mesmo tempo, como deve ser. Acho difícil que alguém faça melhor.

  2. Vocês duas estão certíssimas e tenho muito carinho por esse filme.
    Mas deixa eu explicar o porque da escolha. É que essa obra de Austen foi a base para as futuras comédias românticas. Não é que ele tenha um traço cômico mais forte, embora possua muito humor. Mas os elementos que constituem as comédias românticas feitas há muito tempo são fruto dessa obra linda de Austen. Sacaram? rsrs!
    Beijos!!!!

    • Eu entendi o seu argumento e concordo que os textos de Austen, de maneira geral e esse em especial, tenham a essência das comédias românticas. Mas penso que a origem cinematográfica das comédias românticas – como gênero – é Aconteceu Naquela Noite, 🙂 . Embora conceitualmente se sustente – também – na rixa entre os dois pólos da relação, foi o primeiro filme que garantiu retorno a este tipo de tensão. Também apresentou vários elementos que se tornaram clichê – no bom sentido – como a separação do quarto com lençóis, a cena da carona e muita, muita insinuação de cenas íntimas por metáforas visuais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s