‘Wasting Light’, do Foo Fighters

Em 1994, depois de contribuir com a história do rock com discos excelentes como ‘In Utero’ (1993) e um dos melhores acústicos que já vi e ouvi, o ‘MTV Unplugged in New York’ (1994), e de deixar um clássico indiscutível, o ‘Nevermind’ (1991), Kurt Cobain comete suicídio. O líder, letrista e principal compositor do trio, desfaz o grupo com sua morte. O que seria dos outros dois integrantes, o baterista Dave Grohl e do baixista Krist Novoselic? Este último fundou as bandas Eyes Adrift, Sweet 75 e é o atual baixista do grupo punk Flipper. Conheci apenas a Sweet 75 e não gostei.

No entanto, Dave Grohl, um ano após a morte de Cobain, montou o Foo Fighters em 1995 e lançou o primeiro disco da banda, de mesmo nome. Pelo menos três de seus álbuns, ‘There Is Nothing Left to Lose’ (1999), ‘One by One’ (2002) e ‘Echoes, Silence, Patience & Grace’ (2007) ganharam o Grammy por “melhor álbum de rock”. Sou um fã desde o primeiro álbum e adoro muitas músicas, como ‘Everlong’, Big Me’, ‘My Hero’, ‘Learn To Fly’…etc, etc!

Eis que depois de quatro anos, eles lançam o excelente ‘Wasting Light’ (2011). Adorei todas as faixas e até agora foi o melhor disco de rock que ouvi este ano. Grohl canta bem, toca bem e é um excelente banda leader. As músicas têm peso, mas são muito melodiosas, completamente assobiáveis, assim como eram as músicas do Nirvana. Grohl disse certa vez que aprendeu a tocar guitarra com Cobain. Aprendeu e se transformou em um ótimo compositor. Todos da banda são excelentes, por sinal: Chris Shiflett (guitarra), Nate Mendel (baixo), Taylor Hawkins (bateria) e Pat Smear (guitarra).

Bom, abaixo vocês conferem o vídeo da banda tocando todas as faixas do disco em estúdio e podem concordar ou não comigo a respeito desse novo trabalho. São elas: 1-“Bridge Burning”, 2-“Rope”, 3-“Dear Rosemary”, 4-“White Limo”, 5-“Arlandria”, 6-“These Days”, 7-“Back Forth”, 8-“A Matter Of Time”, 9-“Miss The Misery”, 10-“I Should Have Known”, 11-“Walk”.

Anúncios

2 pensamentos sobre “‘Wasting Light’, do Foo Fighters

  1. Eu adorava o Nirvana e claro que Grohl levou sua experiência com o Nirvana e sua convivência com Cobain para desenvolver o Foo Fighters. Eu enxergo isso. O Nirvana deixou uma marca única na história do rock, com excelentes músicas, letras maravilhosas, e um líder com uma história de vida forte, que, diferente de outros artistas, era realmente um atormentado.
    Foo Fighters e Nirvana são coisas diferentes e não saberia dizer se uma é melhor que a outra. Sei que o Nirvana fez o diferencial nos anos 90 e o Foo Fighters é uma banda fabulosa. Sei também que a banda de Grohl é uma das minhas favoritas.
    Abraços!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s