Beba mais brancos!

 

Foto: Sandro Caldas

Foto: Sandro Caldas

 

Neste domingo, primeiro dia de agosto, resolvi sair da hibernação. Foi necessário. Ler mais, ouvir mais, ver mais, e trazer coisas interessantes (espero que seja interessante pra quem ler).E aí, parece que vem tudo de vez!

Nesse texto, que retira o urso polar, resolvi falar sobre vinhos brancos. Eu nunca tinha feito um texto sobre vinhos, uma das minhas paixões. Embora não seja nenhum sommelier, acho que tenho o direito de escrever sobre essa bebida tão apreciada, cheia de segredos e magias.

Durante o período em que estive ausente do blog, li um livro muito interessante chamado ‘Superdicas para entender de vinho’ (Editora Saraiva, R$ 12,90), da sommelier Lis Cereja. E digo uma bobagem aqui: Lis estudou Gastronomia na Universidade Anhembi-Morumbi, em São Paulo, onde estudei Comunicação por dois semestres.

Mas, quem sabe o que significa ser sommelier? Este profissional é o responsável pelo serviço do vinho, por eleger os rótulos de uma carta de vinho, saber harmonizá-los, saber serví-los à mesa corretamente.

Bom, mas apesar de todas as 60 dicas desse pequeno e precioso livro serem maravilhosas, uma me chamou a atenção: por qual razão ou razões, em um país como o Brasil, tropical, quente quase o ano todo, as pessoas consideram os vinhos brancos inferiores? Criou-se o mito de que vinho bom é vinho tinto e a verdade está muito longe disso.

Eu mesmo, sempre que compro um vinho, escolho um tinto. Não por não gostar dos brancos, mas por puro vício. Confesso que gosto mais dos tintos, mas resolvi mudar meus hábitos e comprar um branco.

Comprei um Concha y Toro, chileno, sauvignon blanc (uma uva mais ácida). E quem disse que vinho bom é vinho caro? Vinho é uma bebida abstrata, que depende muito do paladar de quem a bebe. Então, nao adianta ter uma garrafa de R$ 1000 na mão. O vinho pode ser excelente tecnicamente, mas não agradar a todo mundo. Meu veredito: adorei.

Conclamo: bebamos mais brancos. Há uma infinidade de rótulos!

É como diz Lis em seu livro: a vida é muito curta para nos restringirmos a um só tipo de vinho.

Para saber mais:

http://www.sitedovinhobrasileiro.com.br

Dica de leitura:

Superdicas para entender de vinho, de Lis Cereja

livro

Anúncios

2 pensamentos sobre “Beba mais brancos!

  1. Sandro, seu texto tá bem convidativo pra tomar um vinho branco, apesar de eu gostar mais do tinto, já experimentei o branco, mas definitivamente n faz meu tipo.
    Diante de suas dicas, n posso viver minha curta vida experimentando só um tipo mde vinho. rs
    bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s