Memória 2008

O primeiro post do ano é uma espécie de retrospectiva. Todo mundo fez isso e eu que amo listas, não poderia ficar de fora. Fiquei muitos dias sem publicar nada. Apesar de estar de férias, não tive tempo justamente porque quis aproveitar para fazer coisas que eu não faço há muito: alugar filmes, ir ao cinema, ler despreocupado com horário, visitar livrarias, comer pizza na rua etc.

Bom, o que de legal eu ouvi, li e vi? Sentidos que foram alimentados por produtos muito interessantes, instigantes, quase sempre. Uns maravilhosos outros nem tanto, sem falar das porcarias que fazem parte desse universo cultural. Vou fazer um pequeno balanço, privilegiando o que me animou. As listas não refletem a produção cultural de 2008, mas o que eu absorvi neste ano.

Começo pelos filmes. Costumava ver muito mais filmes, porque amo cinema, mas o tempo agora é mais escasso. De qualquer forma vi uma quantidade razoável e o principal é que a maioria foi de boas produções.

A Rainha
Cartas De Iwo Jima
A Conquista da Honra
O Ultimato Bourne
O Bom Pastor
Piaf
Stardust
Homem de Ferro
O Incrível Hulk
Juno
Batman: O Cavaleiro das Trevas
Sangue Negro
Speed Racer
Sweeney Tood

As decepções ficam por conta de Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal e Southland Tales, com Sarah Michelle Gellar. Eu torço por ela, mas a atriz insiste em fazer filmes ruins. Os filmes nacionais que vi, antes que sintam falta de algum, não merecem ser incluídos na listinha.

Com os livros, eu posso dizer que a leitura ficou um pouco abaixo em relação a anos anteriores, mas me deparei com livros excelentes…na maior parte das vezes!

Crepúsculo (Stephenie Meyer)
Sobre Entrevistas (Stela Guedes Caputo)
História Sexual da MPB (Rodrigo Faour)
Grande Sertão Veredas (Guimarães Rosa)
Neve (Orhan Pamuk)
A Mulher de Trintas Anos (Balzac)

Os outros que eu li, prefiro não comentar!

E o que dizer dos discos? Com certeza ouvi muito mais discos do que li livros e vi filmes. Fica muito difícil fazer uma lista, até porque eu não anoto os discos que ouço, passo para CDs os álbuns que mais gostei. Abaixo, uma pequena parcela do que coloquei nos meus ouvidos. Só tem coisas legais.

Accelerate (R.E.M.)
Safari (Lorenzo Jovanotti)
Call Me Irresponsible (Michael Bublé)
Corpo e Alma (Gutto)
Onde Brilhem os Olhos Seus (Fernanda Takai)
One Kind Favor (B.B. King)
Coco (Colbie Caillat)
One Of The Boys (Kate Perry)
Sou (Marcelo Camelo)
Dig Out Your Soul (Oasis)
Little Voice (Sara Bareilles)
Red Album (Weezer)
Littlel Joy (Littlel Joy)

Bom, essa foi um pedaço das coisas que passaram pela minha mente. Espero que o ano de 2009 seja repleto de descobertas, redescobertas e novidades interessantes, criativas, belas. Feliz novo ano para todos!

Anúncios

3 pensamentos sobre “Memória 2008

  1. Juro que eu gostaria de poder fazer um post como esse, mas tenho um grande problema – Não consigo me lembrar de quase nada do ano passado. É verdade. Bom, mas lendo a sua lista sei que vi alguns desses filmes, dos livros já li Grandes Sertão Veredas, mas isso na década passada e dos álbuns o da Fernanda Takai é meu preferido. Um beijo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s